Desenvolvimento de identidade visual para o Centro Cristão Feminino – CECRIFE

by

Em 2011/01, os alunos da disciplina de projeto I – Design Social desenvolveram um projeto de Identidade Visual para a  Instituição Cecrife / Querubim, situada em Novo Hamburgo – RS. Através de coleta de informações sobre o instituto e análise do ambiente, foram identificadas as principais necessidades.

O Centro Cristão Feminino – Cecrife/Querubim, em Novo Hamburgo – RS, acolhe meninas gestantes, crianças e adolescentes em situação de risco social, pessoal, violência doméstica, negligência entre outros fatores. A entidade pertence à Associação Evangélica de Ação Social – AEVAS, de Novo Hamburgo. O abrigo se sustenta através de doações de diferentes parceiros, que auxiliam no fornecimento de roupas, artigos de higiene, alimentos, entre outros. Eventos e participação em editais também são formas para captação de recursos para aprimoramento de suas atividades.

Utilizando uma metodologia específica foi possível chegar a um resultado bastante satisfatório para o Projeto. Foram aplicadas ferramentas criativas como a nuvem conceitual, para representação do conceito da instituição, bem como moodboards e mapas mentais visando relacionar os principais aspectos a serem considerados no projeto.

Nuvem conceitual com palavras-chave

A nuvem conceitual facilitou o desenvolvimento dos moodboards, que são paineis ilustrativos criados para gerar inspiração de formas e cores encontradas em imagens que representem o conceito a ser passado, com imagens dos pontos positivos e negativos da instituição,  imagens referentes ao público-alvo,  tema visual e para a expressão.

Moodboards conceituais

O grupo inspirou-se no crescimento e proporção natural das formas da natureza, escolhendo o tema flores e, mais específico do girassol, pela sua postura altiva que transmite conceito alegre, representando a força positiva do sol, visto que se movimenta em busca da luz solar, transmitindo calor, força, integridade e adoração a vida. Além disso, o miolo, característico do girassol, possui um sistema de construção ligado a sequência de Fibonacci, que também está ligado à proporção áurea.  Elam (2010, p. 10), explica essa relação:

A pinha e o girassol apresentam padrões de crescimento em espiral muito semelhantes. As sementes dos dois crescem ao longo de duas espirais que se intersectam e irradiam em direções opostas, e cada semente pertence a ambos os conjuntos de espirais. (…) A mesma proximidade com a seção áurea ocorre no caso das espirais do girassol: há 21 espirais em sentido horário e 34 em sentido anti-horário. Os números 8 e 13, constados nas espirais das pinhas, e 21 e 34, nas dos girassóis, são bem conhecidos dos matemáticos. Eles são pares adjacentes na serie matemática conhecida como seqüência de Fibonacci. Nesta, cada numero é obtido pela soma dos dois anteriores: 0, 1, 1, 3, 3, 8, 13, 21, 34, 55… A razão entre dois termos sucessivos na serie tende no limite a 1:1,1618, ou seja, a proporção áurea. (ELAM, 2010, p. 10)

Painel de referências visuais

Através dos esboços gerados, buscou-se construir  formas através da utilização da rosácea, que é um elemento arquitetônico ornamental, do período gótico, que ocorreu em meados do século XII até o inicio do século XVI. A principal aplicação das rosáceas era em vitrais das imponentes igrejas da época, representando um meio de iluminação, por onde a luz entra no ambiente. Esses vitrais continham pinturas religiosas, da natureza ou abstratas, sempre representadas em cores vibrantes, que transpassadas pela luz solar iluminavam e coloriam o ambiente interno. Sua construção é feita a partir de sobreposições de círculos a partir de pontos de intersecção entre eles. Após aplicar esse método, foram desenvolvidas diversas propostas, que depois de passadas por um refinamento, obteve-se então a base do símbolo da marca.

Geração de alternativas

Geração de alternativas

Por se tratar de uma entidade que atende somente meninas, conseguiu-se criar uma marca feminina e interessante aos olhos do seu público interno e das pessoas que não estão inseridas no meio,  através de cores interessantes e formas, tanto no símbolo, como na tipografia.

Proposta Final

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: